Bayer garante que o herbicida glifosato é «seguro» 0 188

Bayer garante que o herbicida glifosato é «seguro»

 

 

13 de agosto de 2018

A Bayer garantiu que o glifosato, presente no herbicida Roundup, «é seguro e não cancerígeno», na sequência da condenação da agroquímica Monsanto por não ter informado sobre os perigos deste herbicida que poderá estar na origem de um cancro desenvolvido por um jardineiro.

Em reação à sentença, a Bayer, que em junho completou a aquisição da Monsanto, afirma que o produto em questão não é cancerígeno e que a garantia decorre de «provas científicas, sujeitas a exames regulares à escala mundial» e de «dezenas de experiências práticas de utilização do glifosato», avançou a agência “Lusa”.

O tribunal de São Francisco, nos Estados Unidos, condenou a Monsanto a pagar 290 milhões de dólares, afirmando que o uso deste herbicida «contribuiu consideravelmente» para a doença do jardineiro Dewayne Johnson.

A Monsanto já anunciou que vai recorrer da decisão, garantindo que o glifosao não provoca cancro e não foi responsável pela doença do cidadão americano.

Envie este conteúdo a outra pessoa