XTANDI recebe aprovação do Infarmed no tratamento do cancro da próstata 0 481

O medicamento XTANDI (enzalutamida) da Astellas Farma, obteve a aprovação de utilização assim como de financiamento, num contexto clínico mais alargado, no tratamento do cancro da próstata.

O acordo foi feito entre a Astellas Farma e o Infarmed, e assim os hospitais do Serviço Nacional de Saúde poderão agora tratar os seus doentes com XTANDI (enzalutamida).

Este medicamento está indicado para o tratamento em homens adultos com cancro da próstata metastático resistente à castração, assintomáticos ou ligeiramente sintomáticos, após o insucesso da terapêutica de privação androgénica, com um estado de performance ECOG 0 ou 1, e para os quais a quimioterapia ainda não é clinicamente indicada, assim como para o tratamento com progressão da doença durante ou após a terapêutica com docetaxel.

O XTANDI é uma das opções recomendadas como tratamento de primeira linha no tratamento do Cancro da Próstata Metastático Resistente à Castração (CPRCm).

Prevê-se que o tratamento com este medicamento permita aumentar significativamente a sobrevivência global, atrasar a progressão da doença e minimizar a perda de qualidade de vida.

O financiamento é concedido com base nos resultados do estudo de fase 3 PREVAIL, que concluiu que os homens tratados com enzalutamida demonstraram uma redução estatisticamente significativa de risco de morte e um atraso na progressão do cancro e do tempo até ao início de quimioterapia vs. placebo.

O cancro da próstata é o diagnóstico de cancro mais frequente em homens na União Europeia, e é responsável por cerca de 23,2% de todos os cancros nos homens em 2018.

Envie este conteúdo a outra pessoa