XI Jornada de Recolha de Medicamentos é dia 23 de fevereiro 0 370

O Banco Farmacêutico realiza este sábado, dia 23 de fevereiro, a XI Jornada de Recolha de Medicamentos. Mais de 200 farmácias e 1.000 voluntários em todo o país vão disponibilizar informação e apelar à doação dos medicamentos não sujeitos a receita médica e produtos de saúde para instituições de solidariedade social, iniciativa que conta com o apoio da OF.
A lista de medicamentos é redigida de acordo com as necessidades de cada instituição ou associação e inclui medicamentos antigripais, antipiréticos, mas também anti-inflamatórios, pomadas, compressas, luvas, gases, fraldas, entre outros.

Como se lê no site da OF, desde a primeira edição, em que participaram somente 60 farmácias, o Banco Farmacêutico ajudou centenas de instituições e associações com quase 100 mil medicamentos e produtos de saúde. Na última Jornada, realizada em fevereiro do ano passado, milhares de portugueses contribuíram com 14 mil medicamentos, num valor estimado de 56 mil euros.

O Banco Farmacêutico é uma iniciativa da Associação para a Assistência Farmacêutica, uma associação criada para uma intervenção social na área da saúde e do medicamento, que tem como objetivo ajudar os mais necessitados, respondendo às necessidades de medicamentos e produtos de saúde em colaboração com instituições de solidariedade social, tendo por base valores de partilha e gratuitidade.

Através da organização da Jornada de Recolha de Medicamentos, o Banco Farmacêutico promove junto da população, em conjunto com as farmácias aderentes, a entrega de donativos destinados às instituições de solidariedade social e de acordo com a respetiva indicação de necessidades, sempre com atenção ao circuito do medicamento. O Banco Farmacêutico Portugal conta com o apoio da OF, da ANF, da Logista Pharma, da Tranquilidade Seguros e do Grupo Nucase.

A primeira Jornada de Recolha de Medicamentos em Itália decorreu em dezembro de 2000 e desde então, a Jornada realiza-se todos os anos, no segundo sábado do mês de fevereiro. Atualmente, inclui a participação de cerca de 4.100 farmácias e já beneficia mais de 535 mil pessoas carenciadas.

Envie este conteúdo a outra pessoa