Um ano depois do boom dos cigarros eletrónicos apenas cinco mil portugueses os fumam 0 114

Um ano depois do boom dos cigarros eletrónicos apenas cinco mil portugueses os fumam

17 de Novembro de 2015

Um ano depois do boom da moda de fumar cigarros eletrónicos, que chegou a ter 300 mil adeptos em Portugal, estima-se que atualmente sejam somente cinco mil os fumadores de vapor de água, com ou sem nicotina.

Tiago Machado, que representou a Associação Portuguesa de Empresas de Cigarros Eletrónicos, entretanto extinta, explicou à agência “Lusa” que o setor sofreu um «duro revés há precisamente um ano», quando um estudo japonês indicou que os cigarros eletrónicos continham até dez vezes mais agentes cancerígenos do que o tabaco convencional.

«O setor caiu completamente com a notícia do estudo japonês, com dados falsos. Foi o princípio do fim. O formaldeído [composto líquido utilizado nos cigarros eletrónicos], só afeta a saúde das pessoas quando é “vapeado” a 900 graus e sabe-se que o cigarro eletrónico é “vapeado” a 180/200 graus», disse Tiago Machado.

Segundo aquele responsável, depois do boom de 2013-2014, em que se contabilizavam entre 300 a 400 mil “vapeadores” em Portugal, o número atualmente de pessoas que fuma cigarros eletrónicos desceu para cerca de cinco mil.

«Deixou de ser um negócio em Portugal. Em países como França, Holanda, Inglaterra e Estados Unidos, o “vapeio” é defendido por ordens médicas e instituições de saúde. Em Portugal deixou de ser negócio», sublinhou.

De acordo com Tiago Machado, também o alargamento do Imposto sobre o Tabaco aos cigarros eletrónicos, com uma carga fiscal «demasiado elevada» e «12 vezes superior à de Espanha», levou «ao fim de esperança que havia em recuperar o setor».

Segundo um inquérito do Eurobarómetro divulgado a 29 de maio passado, os cigarros eletrónicos eram a escolha de 2% dos fumadores portugueses, em linha com a média da UE, sendo que 1% respondeu ao estudo ter usado e desistido (UE 3%) e 3% experimentaram e desistiram (UE 7%).

No total, 6% dos portugueses já experimentaram o cigarro eletrónico (UE 12%), mais os homens (PT 7%, UE 13%) do que as mulheres (PT 4%, UE 10%).

Hoje, assinala-se o Dia do Não Fumador.

Envie este conteúdo a outra pessoa