UE vai doar mais 200 milhões de vacinas contra a covid-19 aos países menos desenvolvidos 115

De acordo com o anúncio da presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, a União Europeia (UE) vai doar aos países menos desenvolvidos mais 200 milhões de vacinas contra a covid-19 até meados de 2022.

“A minha prioridade é acelerar a vacinação nos países de baixo rendimento. Posso anunciar hoje que a Comissão vai acrescentar uma nova doação de mais 200 milhões de doses até meados do próximo ano”, garantiu Ursula Von der Leyen, citada pela Lusa.

Num discurso diante dos eurodeputados, a presidente da Comissão Europeia salientou que se trata de um “investimento na solidariedade e na saúde global”.

De realçar que a UE já entregou mais de 700 milhões de doses de vacinas, às quais acrescem agora mais 200 milhões.

A segunda prioridade, delineada por Ursula Von der Leyen, passa por prosseguir os esforços de vacinação contra a pandemia em contexto europeu.

“Vemos divergências preocupantes entre os Estados-membros no que respeita às taxas de vacinação e por isso precisamos de manter o ímpeto”, realçou.

A responsável da Comissão Europeia anunciou também uma verba de 50 mil milhões de euros até 2027 para a preparação e resiliência sanitária dos Estados-membros da UE.

Envie este conteúdo a outra pessoa