Takeda apresenta dados positivos de Ninlaro 309

A Takeda anunciou os dados positivos do estudo de fase 3 que avaliam Ninlaro como terapêutica de manutenção (TOURMALINE-MM4), indicando uma melhoria significativa na sobrevivência livre de progressão (PFS) em doentes adultos não candidatos a transplante de células estaminais.

O estudo TOURMALINE-MM4 atingiu o objetivo primário demonstrando que o tratamento com Ninlaro em monoterapia resultou numa melhoria estatisticamente significativa na sobrevivência livre de progressão versus placebo em doentes adultos com mieloma múltiplo não candidatos a transplante de células estaminais, uma redução de 34% no risco de progressão ou morte em doentes tratados com Ninlaro.

Para além destes dados, a Takeda apresentou também o resultado dos dados do ensaio de vida real (US MM-6), onde se verifica o aprofundamento da resposta e um perfil de segurança mais favorável na transição de Bortezomib subcutâneo para o tratamento com Ninlaro oral.

Ninlaro está atualmente aprovado em combinação com lenalidomida e dexametasona no tratamento de doentes adultos com com mieloma múltiplo recidivante e/ou refratário em mais de 65 países, incluindo Portugal.

Envie este conteúdo a outra pessoa