Prémios Almofariz 2021: os grandes vencedores de uma noite de reencontros 1567

A 27ª edição dos Óscares da Farmácia realizou-se ontem, 21 de outubro, no Casino Estoril. A noite compôs-se de prémios, bom ambiente e o tão esperado convívio que soube a pouco no ano anterior.

A abertura das portas do Casino Estoril marcou o início da 27ª edição dos Prémios Almofariz. Este ano, os motivos para celebrar multiplicaram-se: além da comemoração dos 30 anos da revista FARMÁCIA DISTRIBUIÇÃO, esta festa significou um regresso a uma quase normalidade. A passadeira verde estendia-se até ao salão Preto e Prata, por onde desfilavam caras das mais diversas áreas do setor farmacêutico que, entre fotografias, faziam sobressair sorrisos contínuos em conversas com pessoas com quem há muito não se cruzavam. Este ambiente de proximidade perdurou durante todo o jantar e só se quebrou quando as luzes baixaram e a música preencheu o espaço.

A Figura e o Projeto do Ano

Batiam as 22h e a cerimónia de prémios estava a começar, apresentada por Mafalda Luís Castro e Pedro Acabado, recebidos por uma enorme salva de palmas. Mas a maior e mais forte da noite coube, no entanto, ao vencedor do prémio mais aguardado: a Figura do Ano. Paulo Silva, diretor geral da Hollyfar estendeu-se nos elogios ao vencedor, mas deixou claro que “este é um voto de confiança para o futuro”. “Espero estar à altura”, respondeu-lhe Bruno Sepodes, assim que tomou a palavra, depois de já ter segurado no seu galardão. Entre agradecimentos – principalmente a quem acreditou no seu potencial – o mais recente reeleito vice-presidente do Comité de Medicamentos de Uso Humano na Agência Europeia do Medicamento, sublinhou por diversas vezes que esta era uma vitória “de todos os farmacêuticos”. Foi também, para o professor associado da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, o valorizar de profissionais mais jovens que, muito dificilmente, costumam ocupar lugares de destaque por ainda haver uma hierarquia de sucessão ainda muito vincada, que favorece sempre pessoas com mais currículo e experiência. “Nós chegamos onde queremos”, realçou, não abandonando o púlpito sem voltar a frisar a esperança de corresponder à expectativa que é colocada em si. “Espero não vos desiludir e que continue a ser um motivo de orgulho”, rematou.

Coube ainda a Paulo Silva atribuir o Projeto do Ano – também decidido pela redação da revista FARMÁCIA DISTRIBUIÇÃO – destacando o “caracter inovador” e o impacto que a Linha 1400 alcançou. Subiram ao palco para receber o prémio Ema Paulino, presidente da Associação Nacional das Farmácias, Manuela Pacheco, presidente da Associação das Farmácias de Portugal, Margarida Oliveira, focal point do Projeto Incluir, em representação do presidente do Infarmed, Rui Santos Ivo, e das cinco Administrações Regionais de Saúde, Marisa Gomes, responsável pelo centro de atendimento da Linha 1400, da Unidade de Suporte e Excelência Operacional e Rosário Lourenço, diretora Área de Desenvolvimento Associativo da ANF.

Farmácia Hospitalar do Ano by Fresenius Kabi e Farmácia do Ano by Stada

António Melo Gouveia, diretor dos Serviços Farmacêuticos do IPO Lisboa, e Catarina da Luz Oliveira, presidente da Mesa da Assembleia Geral da Associação Portuguesa de Farmacêuticos Hospitalares, e igualmente membros do Conselho Consultivo do Prémio Farmácia Hospitalar do Ano, tal como Filomena Santos, diretora de Offering Innovation, Marketing & Strategic Partnerships da IQVIA e Paulo Mendes, diretor de Marketing e Vendas Pharma da Fresenius Kabi, juntaram-se para entregar o Almofariz de Farmácia Hospitalar do Ano by Fresenios Kabi, atribuído aos Serviços Farmacêuticos do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental (CHLO) e o galardão foi recolhido por Fátima Falcão, diretora deste mesmo serviço, que se fez acompanhar por farmacêuticas coordenadoras de cada um dos hospitais que compõem o CHLO. “O êxito é feito dos pequenos esforços que fazemos todos os dias”, explicou a responsável, atribuindo o crédito pelo prémio à sua equipa “empreendedora e inovadora”.

O prémio Almofariz Farmácia do Ano by Stada Portugal foi apresentado por alguns membros do júri deste galardão, os farmacêuticos Carolina Mosca e Henrique Santos, bem como por Tiago Baleizão, general manager da Stada Portugal. Depois de diversas congratulações pelo aniversário da revista FARMÁCIA DE DISTRIBUIÇÃO e de palavras de reconhecimento dirigidas às farmácias, chegou a altura de anunciar o grande vencedor. Os olhares rapidamente se centraram em Rute Lourenço e Liliana Correia, farmacêuticas da Farmácia Santa Ana (Santana), que bateram a Farmácia Nova Central, de Bragança, e a Parque do Estoril. A felicidade nos rostos era evidente, enquanto dedicavam a vitória aos seus utentes. “Trabalhamos todos os dias para eles e é por eles que damos o nosso melhor”, frisaram.

Os prémios votados pelas farmácias e o Anúncio Profissional do Ano

A atribuição dos quatro almofarizes votados pelas farmácias do País coube, como é habitual, a Henrique Silva, diretor de Marketing e Vendas da Hollyfar. Para o acompanhar na entrega do Almofariz de Laboratório do Ano, chamou ao palco Mário Martins, general manager da IQVIA. Estavam nomeadas a GSK, a Perrigo e a Teva Porugal, mas foi a Perrigo que arrecadou este prémio pelo terceiro ano consecutivo. Foi através de uma mensagem de união que Beatriz Caeiro, country manager da Perrigo PT, agradeceu o almofariz, acompanhada da sua equipa, deixando uma mensagem simples, mas clara: “esta é a certeza de que estamos no caminho certo”.

Henrique Silva fez ainda questão de chamar para junto de si Nuno Ramalho, da Unidade Pharma da Rangel – que patrocina os Prémios Almofariz desde 2018 – quando chegou a altura de entregar o prémio MNSRM do Ano. Os potenciais vencedores eram o Ben-u-ron Caff, da Bene Farmacêutica, o Bisolgripal, da Sanofi CH e o Brufenon, da Mylan. Licínio Alves Pereira, senior product manager da Bene Farmacêutica, durante o seu discurso de vitorioso com Ben-u-ron Caff, deixou explícito que o objetivo é continuar a traçar um caminho de tanto sucesso. “Estaremos cá para renovar a confiança no futuro”, realçou.

Na categoria de Dermocosmética do Ano, o galardão foi entregue ao Avène Cicalfate +, da Pierre Fabre Dermo-Cosmétique, que bateu a gama Caudalie Resveratrol Lift, da Caudalie Portugal e o La Roche Posay Effaciar Serum Ultra Concentrado, da Cosmética Activa – L’Óreal Portugal. De prémio na mão, Cátia Santos, product manager da Avène, soltou de imediato um “uau” carregado de surpresa e emoção e não deixou nenhum agradecimento por fazer.

Apresentado por Rita Lopes, coordenadora editorial da revista FARMÁCIA DE DISTRIBUIÇÃO, o Anúncio Profissional do Ano foi atribuído à Vicks Vaporub (P&G Heatlh), pelas mãos de Madalena Dias, senior brand da P&G). O júri deste prémio é composto pela farmacêutica Gabriela Plácido, Filomena Santos, Heitor Costa, diretor executivo da Apifarma e por Miguel Paté, diretor criativo. Rita Lopes não pôde, no entanto, deixar escapar a referência aos 30 anos da revista FARMÁCIA DISTRIBUIÇÃO, congratulando cada membro que dele faz parte: “se as pessoas não são ilhas, muito menos FARMÁCIA DISTRIBUIÇÃO o é”, disse.

De regresso ao seu lugar, Madalena Dias por pouco tempo lá ficou, uma vez que num piscar estava, de novo, a subir ao palco, pronta para receber o prémio de Produto do Ano. Entre os nomeados – o Valdispert Noite (gama), da Vemedia Pharma Portugal e o Win-Fit Imuno D3, da Ampliphar, o vencedor acabou por ser o ZzzQuil, da P&G Health.

Conhecidos todos os vencedores dos Prémios Almofariz 2021, o brinde à Farmácia não pôde faltar nesta cerimónia que contou com mais 200 pessoas do que a edição passada. Esta edição teve o patrocínio da Unidade Pharma da Rangel, bem como o apoio da IQVIA e Casino Estoril e dos media partners revistas Farmácia Clínica e Marketing Farmacêutico, Portal Netfarma e E-Newsletter Farmanews.

 

 

Envie este conteúdo a outra pessoa