Por todos, Ir mais longe 358

Os atuais corpos dirigentes da Secção Regional do Sul e Regiões Autónomas (SRSRA) da Ordem dos Farmacêuticos (OF) desenvolveram o seu trabalho tendo em vista dar respostas às necessidades da profissão e da sociedade.

A apreciação dos colegas nas Assembleias Regionais e em fóruns formais e informais fez-nos concluir que percecionaram melhorias substanciais nos serviços prestados pela Secção.

Esta sensação de dever cumprido motivou os elementos eleitos a criar uma Lista de continuidade para concorrer no próximo processo eleitoral.

O nosso mote, Por todos, ir mais longe, espelha a nossa motivação: “Por todos”, pelos farmacêuticos e pelos cidadãos, pois sabemos qual é a missão da Secção Regional. “Ir mais longe”, pois muito já foi feito, mas acreditamos que podemos fazer ainda mais!

Os colegas integrantes na Lista G provêm das mais variadas áreas do exercício profissional: da Academia à Consultoria, da Farmácia Comunitária à Distribuição Farmacêutica, da Farmácia Hospitalar às Análises Clínicas, passando pela Indústria, Assuntos Regulamentares, entre outros.

Contamos com vários elementos com extensa experiência associativa, quer nacional, quer internacional, e em diversas áreas profissionais.

Integramos em cada órgão um jovem farmacêutico, permitindo reunir uma lista jovem e representativa, bem como cumprir com um verdadeiro envolvimento e capacitação para a liderança dos membros mais jovens!

Juntaram-se a nós forças vivas de cada distrito e região enquanto Mandatários Distritais ou Regionais, considerando assim as especificidades de cada área geográfica na definição do Programa Eleitoral.

O Programa Eleitoral apresenta 3 eixos estratégicos: “O Farmacêutico como prioridade”, que engloba as atividades dos serviços técnicos e administrativos, de integração na profissão, dos serviços jurídicos e sociais. “Desenvolvimento e Valorização Profissional”, que inclui as atividades formativas (presenciais e à distância), Programa de Capacitação para a Ética, Deontologia e Legislação e Programa de Capacitação Política. E por fim “Valorização do Farmacêutico na Sociedade”, que contempla o projeto “Geração Saudável”, o programa de aproximação às pessoas com doença e a campanha “Uso Responsável do Medicamento”.

Há um compromisso de continuidade dos vários projetos desenvolvidos pela Secção e apresentamos 5 áreas prioritárias:

Uma Ordem mais digitalizada, transparente e aberta, onde nos propomos a criar um portal com acesso a métricas operacionais, pareceres técnicos, atividade representativa, entre outros, assim como criar a plataforma Farmacêutico 360º ®, que permita um fácil acesso aos serviços, projetos e iniciativas da Secção.

Uma Ordem que representa, apoia e acompanha os farmacêuticos, em que nos propomos a disponibilizar mais serviços de apoio jurídico (no quadro das competências da Ordem), de apoio técnico (ferramentas de intervenção profissional) e de apoio social (apoio na integração profissional e desenvolvimento de carreira), assim como implementar um plano de ação de proximidade regional para toda a área de jurisdição da SRSRA e programas de integração dos novos farmacêuticos.

Uma Ordem que dignifica e promove a valorização da profissão, iremos defender a participação do farmacêutico na definição, implementação e avaliação de políticas de saúde e do medicamento e continuaremos a dinamizar campanhas, ações e iniciativas que promovam a valorização social dos farmacêuticos.

Uma Ordem representativa de todas as áreas de atividade farmacêutica, pretendemos promover o reconhecimento de áreas emergentes de intervenção profissional e defenderemos o reconhecimento das competências, especificidades e deveres funcionais dos farmacêuticos que exercem atividade profissional na Administração Pública e/ou na área da Saúde.

Uma Secção que pugna pela Prática, a Ciência e a Formação Profissional, propomos desenvolver ferramentas formativas adequadas a cada uma das etapas da carreira profissional (ensino universitário, início de carreira e prática avançada) e apoiar os farmacêuticos na obtenção de Competências Farmacêuticas e Títulos de Especialidade.

Criaremos o Centro de Estudos para a Profissão Farmacêutica que permita o estudo e acesso a evidência relativa à profissão e potencie a capacitação, desenvolvimento e valorização científicos dos farmacêuticos sob a visão “Prática, Ciência e Formação”.

Acreditamos que todas estas propostas (e outras, que podem ser consultadas no Programa Eleitoral da Lista G – Por todos, ir mais longe, em https://linktr.ee/portodosirmaislonge) vão de encontro às necessidades da profissão e da sociedade.

Apelamos ao voto neste processo eleitoral e esperamos que a classe confie na vontade da Lista G de servir a profissão tanto quanto nós confiamos na nossa classe!

Luís Miguel Lourenço
Candidato a Presidente da Direção da Secção Regional do Sul e das Regiões Autónomas – Lista G

Envie este conteúdo a outra pessoa