PJ encontrou 430 unidades do Fentanilo Basi 0 621

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou ter recuperado as 430 embalagens do potente analgésico Fentanilo Basi, que tinham desaparecido no início do mês. Não foi avançado o local nem constituídos arguidos, estando ainda em progresso as investigações.

De acordo com um comunicado que a agência “Lusa” refere, a Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes da Polícia Judiciária informa ter localizado e apreendido a totalidade das embalagens daquele medicamento para uso humano dadas com desaparecidas – (ver notícia).

Foi no dia 7 de março que o INFARMED anunciou o desaparecimento, do distribuidor em Portugal, de 430 unidades do medicamento Fentanilo Basi, um opióide 50 vezes mais potente do que a heroína. «Na sequência do desaparecimento, nos circuitos de distribuição, de 430 embalagens de 10 unidades cada uma do medicamento de uso humano designado Fentanilo Basi, que se apresentava na forma de solução injetável de 0,05 mg/ml por ampola, a Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes, iniciou prontamente uma investigação no âmbito de inquérito crime tendo em vista determinar as circunstâncias do desaparecimento de tal medicamento», uma vez que, devido às suas substâncias, se trata de uma «droga», nos termos da lei, declara a PJ.

A Polícia Judiciária avançou ainda que as investigações foram executadas com o apoio da Diretoria do Norte, tendo sido «possível localizar e apreender, no decurso da corrente semana, a totalidade das embalagens que tinham sido dadas como desaparecidas».

No entanto, fez a ressalva que «perante os elementos apurados, não se procedeu à constituição de qualquer arguido, prosseguindo a investigação a cargo da Polícia Judiciária para total e completo esclarecimento dos factos».

Envie este conteúdo a outra pessoa