PGEU publicou “position paper” sobre Saúde Digital 167

O Grupo Farmacêutico da União Europeia (PGEU) publicou um position paper sobre a Saúde Digital, onde apresenta uma visão geral sobre a contribuição da farmácia comunitária para transição digital nos cuidados de saúde em toda a Europa.

Neste documento, o PGEU defende que se a tecnologia digital for implementada corretamente, pode ser uma ferramenta muito útil para facilitar o diálogo entre os profissionais de saúde e atender às necessidades de saúde dos utentes, sem perder de vista a importância do contacto presencial entre farmacêuticos comunitários e os utentes.

Por sua vez, os farmacêuticos comunitários em toda a Europa comprometem-se em integrar as Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC) na saúde digital através de soluções práticas.

A evolução da saúde eletrónica “auxiliam tanto os farmacêuticos comunitários como os utentes em aspetos como o aconselhamento, adesão à terapêutica, farmacovigilância, gestão de risco clínico no uso de medicamentos e entregas ao domicílio”, indica o documento.

Portugal destaca-se neste position paper no desenvolvimento e implementação de tecnologia na transformação digital na saúde, entre as quais estão o Boletim de Vacinas eletrónico (eBoletim), o SINAVE (aplicado à realização de testes covid-19) ou a prescrição eletrónica.

Pode consultar o documento aqui.

Envie este conteúdo a outra pessoa