Perito aconselha que vacina da gripe seja gratuita a partir dos 60 anos 0 281

Num momento em que o pico da gripe está perto de acontecer em Portugal, o pneumologista Filipe Froes dá a recomendação de que a vacina da gripe passe a ser gratuita a partir dos 60 anos e que se alargue a vacinação para todas as crianças.

A vacina da gripe é gratuita no SNS e dispensa receita para pessoas a partir dos 65 anos, a maioria da população vacinadas contra a gripe em Portugal. No entanto, o pneumologista recomenda fortemente a vacina  entre os 60 e os 64 anos, grupo etário para o qual não é gratuita. Em relação às restantes faixas etárias, Filipe Froes defende que as autoridades devem «recomendar a vacinação em todas as crianças, independentemente de terem ou não uma patologia associada», informação veiculada pelo jornal “Público”.

No panorama europeu, a gripe encontra-se com tendência crescente e há em circulação vários tipos e estirpes de vírus, sendo a H1N1 a predominante. Em Portugal espera-se que o pico da gripe se dê dentro de uma semana, segundo entrevista à agência “Lusa” do presidente do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, Fernando Almeida.

Com base na informação dos sistemas de vigilância gripais a nível internacional e da época gripal no hemisfério sul, o especialista esboçou o panorama à agência “Lusa”: «Vamos ter carga de doença em todos os grupos etários, mas a maior taxa de ataque será nas pessoas nascidas depois de 1957, porque antes de 57 as pessoas lidaram mais com o H1N1 e têm mais imunidade e maiores defesas».

Filipe Froes recomenda a vacina a quem ainda não se vacinou, já que é expectável que a maior taxa de ataque seja no grupo etário que terá menor cobertura vacinal.

Envie este conteúdo a outra pessoa