Pensamento científico orientado 324

O Núcleo de Estudos de Formação em Medicina Interna (NEForMI) da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI) vai realizar nos dias 1 e 2 de abril, no Porto, o Curso de Raciocínio e Registo Clínico.

João Araújo Correia, Paulo Paiva e Vasco Barreto são os formadores responsáveis pelo curso, Internistas com muitos anos de experiência, que mantêm viva a paixão pelo exercício pleno da Medicina Interna.

“Acreditamos que aquilo que mais distingue o Internista, é a capacidade de ter um pensamento científico orientado, perante um doente incomum ou muito complexo, com vários problemas aparentemente desconexos. É a isso que se chama Raciocínio Clínico, que pode ser mais ou menos inato, mas que também se treina, com recurso a vários métodos. Quando nos habituamos a pensar os doentes desta forma, não há dois doentes iguais, porque cada um tem uma constelação própria de problemas”, afirma João Araújo Correia, presidente-cessante da SPMI.

Também o Registo Clínico é uma base essencial do exercício da Medicina. ”O Registo Clínico é fundamental e uma garantia da qualidade assistencial prestada. Podemos auditar um Serviço através da análise dos seus Registos Clínicos. Um bom Registo Clínico leva á prestação de melhores cuidados de saúde” conclui João Araújo Correia.

O Curso tem como base o livro “Registo e Raciocínio Clínico”, publicado em 2018 por João Araújo Correia e Vasco Barreto, aos quais se junta agora Paulo Paiva, que há muito se dedica a descortinar os meandros do Raciocínio e da Decisão Clínica.

Inscrições em: https://www.spmi.pt/curso-registo-e-raciocinio-clinico/

WordPress Ads

Envie este conteúdo a outra pessoa