Ordem dos Farmacêuticos de visita às novas instalações do Edol 314

Prestes a inaugurar uma nova unidade fabril, a Administração do Laboratório Edol recebeu uma comitiva da Ordem dos Farmacêuticos. Encabeçada por Helder Mota Filipe, Bastonário da Ordem dos Farmacêuticos, a comitiva ficou a conhecer as novas instalações de 4000m2 que, muito em breve, permitirão ao laboratório nacional chegara novos mercados e introduzir produtos inovadores em todas as suas áreas de negócio.

Com setenta anos de existência, o Edol é um laboratório 100% nacional dedicado ao desenvolvimento, fabrico e comercialização de medicamentos, dispositivos médicos, produtos cosméticos e de higiene corporal, e suplementos alimentares. Emprega, atualmente, 196 pessoas em Portugal, onde o volume de negócios é de aproximadamente 18 milhões de euros.

A visita da comitiva da Ordem dos Farmacêuticos é a primeira de um conjunto de iniciativas semelhantes organizadas pelo Edol. “Trabalhamos diariamente para que o nosso crescimento seja sustentável, inovador e para que acrescente valor ao negócio de todos os que connosco se relacionam. Queremos, por isso, que conheçam as nossas novas instalações em primeira mão e que confirmem que, também neste espaço, continuaremos a seguir à risca os mais rigorosos critérios de ética e os mais elevados parâmetros de qualidade, segurança e proteção do ambiente e recursos naturais”, explica Carlos Setra, Presidente do Conselho de Administração do Edol.

As novas instalações representam um investimento de 25 milhões de euros: 4000m2 de modernização, não só ao nível das infraestruturas, como da tecnologia e das metodologias utilizadas. A nova unidade fabril está equipada com tecnologia de ponta, dedicada ao fabrico de estéreis, como colírios em frasco multidose com e sem conservantes, pomadas oftálmicas, gotas auriculares e sprays nasais. Um investimento considerável deste laboratório 100% português que albergará, muito em breve, 50 postos de trabalho diretos.

WordPress Ads

Envie este conteúdo a outra pessoa