Ordem dos Farmacêuticos alerta para a gripe 0 286

A Ordem dos Farmacêuticos (OF), no seu portal, alerta para a gripe e para os riscos da exposição a este vírus pelos profissionais de saúde, onde se incluem os farmacêuticos.

A Ordem indica que os profissionais de saúde estão “potencialmente expostos a agentes infeciosos que lhes podem ser transmitidos pelos doentes ou por colegas, apresentando um maior risco de contrair gripe comparativamente a outros grupos profissionais.”

Aliás, a “transmissão do vírus da gripe é possível desde um dia antes de surgirem os sintomas. Algumas pessoas podem estar infetadas e permanecer assintomáticas, durante este período, podem disseminar o vírus e contagiar outros indivíduos”.

A OF recorda que “a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a sua vacinação contra o vírus da gripe, não só como medida de autoproteção e de manutenção do funcionamento dos serviços, mas também para reduzir a transmissão do vírus influenza a doentes vulneráveis”.

Na informação publicada, é ainda referido que a vacinação dos profissionais de saúde engloba vários objetivos: proteção pessoal, proteção dos doentes, e proteção dos serviços de saúde.

A Ordem dos Farmacêuticos lembra que a “gripe pode ser uma doença grave e até mesmo mortal, especialmente em determinados grupos de risco – crianças com menos de 5 anos e adultos com mais de 65 anos, grávidas e indivíduos com patologias crónicas, como diabetes, doenças cardíacas, pulmonares, entre outras”.

Envie este conteúdo a outra pessoa