Mylan lança o primeiro autoteste de deteção do VIH em Portugal 0 850

A Mylan lançou em Portugal o primeiro autoteste para a deteção do Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH).

Este teste pode ser adquirido nas farmácias, e é um medicamento não sujeito a prescrição médica.

Todo o material necessário para a realização do teste já vem no kit que é comprado, com informação clara para que qualquer utente possa realizar o teste, de forma anónima e autónoma, sabendo também interpretar o resultado.

Para realizar o teste, bastará picar o dedo e recolher três gotas de sangue. O teste baseia-se numa análise que deteta os anticorpos no sangue humano produzidos após infeção pelo VIH. Em cerca de 15 minutos terá acesso aos resultados. Estes testes são lidos à semelhança de um teste de gravidez, através de linhas.

O autoteste VIH é 100% fiável para a deteção de uma infeção que tenha ocorrido há 3 meses.

Este lançamento surge na sequência da alteração do quadro legislativo nacional em 2018, acompanhando as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS/ONUSIDA), permitindo a dispensa em farmácias comunitárias de autotestes para rastreio da infeção pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH).

Os autotestes poderão vir a estar disponíveis online através dos websites de cada farmácia.

De acordo com o último relatório da Direção Geral de Saúde, Portugal está entre os países da União Europeia com mais casos de diagnósticos tardios de infeção por VIH (mais de 50%).

Segundo a OMS, o tratamento eficaz do VIH impede a progressão da infeção para SIDA (Síndroma de Imunodeficiência Adquirida), possibilitando uma esperança média de vida equivalente à de uma pessoa não infetada, e contribui para a erradicação da doença ao ajudar a garantir que não existe a transmissão do vírus a terceiros.

Envie este conteúdo a outra pessoa