MSD quer restruturar unidade de I&D 335

A Merck Sharp & Dohme planeia restruturar a sua unidade de I&D

06-Jan-2014

Segundo fontes próximas ao assunto, a Merck Sharp & Dohme (MSD) planeia restruturar a sua unidade de I&D e criar centros regionais de inovação que visam obter um maior acesso à pesquisa biotecnológica e farmacêutica externa que a empresa pode adquirir ou licenciar, divulgou o “Wall Street Journal”.

Um porta-voz da MSD confirmou que a companhia tenciona estabelecer uma «presença científica» em (ou perto) Boston, na área da baía da São Francisco, Londres e Xangai para identificar oportunidades, acrescentando que «isto é consistente com a nossa estratégia de procurar ativamente inovação científica externa para impulsionar a nossa pipeline com candidatos com vantagens inequívocas», citou o “World Pharma News”.

As referidas fontes indicaram que Roger Perlmutter, presidente da Merck Research Laboratories, que assumiu funções em abril, discutiu este plano em reuniões internas com os funcionários e com o responsável das unidades de imunologia e respiratória, Rupert Vessey.

Entretanto, a MSD tem estado a estudar a sua pipeline e identificou vários medicamentos experimentais que pretende alienar, divulgou o mencionado jornal, citando uma fonte e um documento interno. Em junho, Perlmutter revelou que a empresa pretendia reduzir a sua força de trabalho, no âmbito de um plano de restruturação, tendo mais anunciado a eliminação de 8.500 postos de trabalho, no âmbito de uma proposta para ajustar o seu foco comercial e de I&D.

A MSD acabou por divulgar que juntamente com a eliminação destas posições iria diminuir a sua força de trabalho global em cerca de 20% até 2015. A companhia procedeu também a alterações recentes na gestão.

Envie este conteúdo a outra pessoa