Malária pode ser a próxima pandemia mundial 0 166

Malária pode ser a próxima pandemia mundial

29 de dezembro de 2014

A comunidade médica que trabalha na região do sudeste asiático acredita que os parasitas da malária – transmitidos através de picadas de mosquito – podem estar a desenvolver resistência aos medicamentos, de acordo com a “Renascença”.

«Com pacientes a mostrar resultados positivos aos testes três dias depois do início do tratamento, temos que suspeitar que existe resistência aos medicamentos, e que devem ser feitos testes mais sofisticados ao sangue, já que [o paciente] pode continuar a transportar no seu sangue os parasitas que causam a malária», disse à agência “Reuters” Eisa Hamid, uma epidemiologista que trabalha para as Nações Unidas em Myanmar.

A malária ou paludismo tem vindo a propagar-se neste país, mas também no Cambodja, Laos e Vietname. Os peritos temem que esta possa ser a próxima emergência mundial de saúde, caso o raio de ação da doença se alargue para a Índia ou África.

Apesar de as taxas de mortalidade da malária terem caído 47%, entre 2000 e 2014, a doença vitimou 584 mil pessoas em 2013, a maioria na África subsaariana, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Parte do sucesso na luta contra a doença é o uso combinado de terapias compostas por artemisina (ACT) – um derivado de uma planta chinesa. Contudo, os parasitas da malária começam a mostrar resistência a este fármaco.

A situação é ainda mais alarmante porque ainda não existem outros medicamentos disponíveis para substituir os ACT.

Envie este conteúdo a outra pessoa