Malária: Novartis angaria fundos para três milhões de tratamentos 0 151

Malária: Novartis angaria fundos para três milhões de tratamentos

13 de Janeiro de 2015

A Novartis anunciou, em comunicado, ter angariado, através da campanha Power of One, fundos suficientes para disponibilizar três milhões de tratamentos contra a malária para crianças na Zâmbia. Lançada em setembro de 2013, a campanha Power of One é uma iniciativa da Malaria No More tendo sido a Novartis o patrocinador exclusivo para os tratamentos.

A malária é uma doença que é possível prevenir e tratar, mas que continua a matar uma criança a cada minuto. Esta campanha reflete o compromisso da Novartis em ajudar a acelerar o processo de erradicação da malária. Cada dólar doado à campanha é suficiente para comprar e fazer chegar o tratamento a uma criança com malária, em África. Através de tecnologias como redes sociais e e-commerce, quem faz o donativo consegue ver o impacto da sua doação no terreno, partilhar a experiência com a sua rede de amigos e recrutar novos donativos.
 
«Power of One é uma extensão natural do compromisso da Novartis na luta contra a malária, estou extremamente orgulhoso das contribuições que os colaboradores da Novartis têm feito para ajudar as crianças na Zâmbia», afirmou Joseph Jimenez, CEO da Novartis. «Ao longo da última década disponibilizámos 700 milhões de tratamentos anti malária, sem fins lucrativos, a países endémicos da doença. Mas ainda há muito por fazer. Precisamos de continuar a reunir esforços, não só para aumentar o acesso aos tratamentos como também para investigação de tratamentos de nova geração que nos aproximem da nossa visão de um mundo sem malária».
 
Durante o último ano, os colaboradores da Novartis em 42 países diferentes, incluindo Portugal, uniram-se pela campanha Power of One para apoiar o objetivo da empresa no combate à malária. Através de vários esforços e ações criativas para angariar fundos, cerca de 500 mil tratamentos foram disponibilizados.
 
«Após apenas um ano, graças à generosidade do público em geral e dos colaboradores da Novartis, temos sido capazes de cumprir o nosso objetivo de disponibilizar três milhões de tratamentos para crianças na Zâmbia», disse Martin Edlund, CEO, Malaria No More. «Esta é uma grande conquista, mas temos que continuar a luta para ajudar a garantir que nenhuma criança morre de malária devido à falta de um tratamento de um dólar».
 
O alvo inicial da campanha Power Of One foi a Zâmbia, o primeiro país africano a alterar o esquema terapêutico para o tratamento dos doentes com malária contribuindo, desta forma, para reduzir a morbilidade e a mortalidade das crianças afetapdas por esta epidemia.

Envie este conteúdo a outra pessoa