Laboratório Militar com Pós-Graduação em Canábis Medicinal 0 304

O Observatório Português de Canábis Medicinal (OPCM), o Laboratório Militar de Produtos Químicos e Farmacêuticos e a Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa (FFUL), em parceria com a Associação para o Desenvolvimento do Ensino e Investigação em Microbiologia lançaram a 1ª Pós-Graduação em Canábis Medicinal.

A lei da canábis medicinal, que entrou em vigor no dia 1 de fevereiro, estabeleceu o quadro legal para a utilização de medicamentos, preparações e substâncias à base da planta da canábis para fins medicinais.

A primeira edição começou na passada sexta-feira, com 25 alunos, e a segunda edição já se encontra esgotada. Esta formação conta com alunos de todas as áreas relacionadas com o ciclo de produção da canábis para fins medicinais, desde o cultivo à extracção, passando pelo armazenamento ou distribuição, entre muitas outras.

O curso decorre às sextas e sábados, no auditório do Laboratório Militar de Produtos Químicos e Farmacêuticos, em Lisboa, até 14 de Dezembro. A segunda edição começa em Janeiro de 2020.

A direcção do programa está a cargo de Rui Loureiro, Professor Convidado da FFUL, especialista em Farmacêutica Industrial e membro do Board European Health Futures Forum (EHFF).

Envie este conteúdo a outra pessoa