Investigadores debatem o estado da ciência na Gulbenkian 0 89

Investigadores debatem o estado da ciência na Gulbenkian

06 de Julho de 2015

“Investir no conhecimento é investir no futuro” é o mote de uma conferência que decorre hoje na Gulbenkian e reúne investigadores de todas as áreas para debater o estado atual da ciência em Portugal.

 

O encontro decorre de um manifesto, assinado por várias personalidades públicas, chamado o Conhecimento como Futuro, encabeçado por Manuel Heitor (Instituto Superior Técnico, Lisboa), Maria Fernanda Rollo (Instituto de História Contemporânea, Universidade Nova de Lisboa, UNL), António Cunha (Universidade do Minho), João Costa (Centro de Linguística, UNL) e Alexandre Quintanilha (I3S, Universidade do Porto).

 

O tema do evento foi retirado de uma frase escrita há 25 anos por Mariano Gago, antigo Ministro da Ciência. Gago foi o grande impulsionador do investimento público e privado na ciência em Portugal nos últimos 30 anos. Mas o encontro vai debater ainda as novas formas de financiamento de instituições científicas e do ensino superior, além da sua autonomia e diversificação, face aos cortes abruptos sofridos nos últimos anos. A entrada é livre.

 

A 20 de novembro o grupo promove novo encontro, desta vez numa conferência internacional, no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa, segundo avançou o “Sol”.

Envie este conteúdo a outra pessoa