Instituições europeias apresentam 19 medidas para Sistemas de Saúde mais sustentáveis e inovadores 191

No próximo dia 3 de maio, 22 instituições da Saúde da Europa assinam, no Palácio da Bolsa do Porto, a “Declaração do Porto”.

«O documento de consenso integra 19 pontos de entendimento sobre o valor da Pessoa e da Saúde e exorta as instituições europeias a contribuir para Sistemas de Saúde mais inclusivos, mais focados nas pessoas e na promoção da saúde, mais resilientes, mais sustentáveis e mais inovadores», pode ler-se no comunicado, que anuncia o evento.

A “Declaração do Porto” é subscrita por 22 associações e instituições privadas da saúde, das áreas da investigação, produção e desenvolvimento, indústria farmacêutica, distribuição farmacêutica, farmácias, indústria de dispositivos médicos, prestadores de ambulatório, hospitais, seguradoras, provedores em áreas essenciais como as tecnologias de informação e comunicação e os equipamentos médicos pesados.

Posteriormente, a “Declaração do Porto” será remetida ao Parlamento Europeu, ao Conselho da União Europeia e à Comissão Europeia.

A cerimónia pode ser acompanhada, de forma remota, em www.cip.org.pt.

Envie este conteúdo a outra pessoa