Infarmed pede intervenção sobre uso indevido de medicamentos com testosterona 0 460

A Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed), através de comunicado, vem indicar que solicitou a intervenção da Polícia Judiciária (PJ), da Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS) e da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) para averiguar situações de desvio de medicamentos com testosterona utilizados no circuito legal para circuitos paralelos.

O Infarmed salienta que o medicamento com testosterona, pela sua natureza e finalidade, apenas deverá ser utilizado nas condições em que está aprovado no Resumo das Características do Medicamento destinado aos profissionais de saúde, e no Folheto Informativo, destinado aos cidadãos utilizadores, e nas condições estabelecidas na sua autorização.

Para além disso, o Infarmed recorda que estes são medicamentos apenas passíveis de utilização mediante receita médica, e que em Portugal são só três os medicamentos contendo testosterona, com indicações terapêuticas, sendo que a sua administração é efetuada por profissionais de saúde.

O Infarmed apesar deste pedido de averiguações, indica que este ano não recebeu qualquer comunicação sobre o uso ilícito destes medicamentos no circuito legal.

A Autoridade Nacional do Medicamento reforça termina o seu comunicado sublinhando que “a utilização racional de medicamentos é, também, uma responsabilidade de todos, devendo ser usados somente para as situações para que estão indicados de forma a garantir o maior benefício possível”.

Envie este conteúdo a outra pessoa