Infarmed avisa que ansiolítico se encontra indisponível no mercado 893

O Infarmed revelou, esta terça-feira, que o stock do medicamento Victan 2mg só será reposto nas farmácias portuguesas, possivelmente, no 4.º trimestre deste ano.

Segundo o Infarmed, a situação deve-se ao facto de a empresa Sanofi Produtos Farmacêuticos Lda., única titular de autorização de introdução no mercado do medicamento, ter anunciado que decorre uma “incapacidade temporária de abastecer o mercado”.

Sem mais esclarecimentos por parte da empresa, o Infarmed garante, contudo, que “encontra-se a desenvolver todos os esforços no sentido assegurar o abastecimento das farmácias e unidades de saúde com a maior brevidade, estando para o efeito a realizar contactos com outros agentes do setor”.

A autoridade explica também que já solicitou orientações à Comissão Nacional de Farmácia e Terapêutica, tendo perguntado se o Victan 2mg pode ser substituído por Alprazolam 1mg, “que se encontra disponível no mercado português”.

“Para a prescrição da terapêutica alternativa mais adequada deverá o utente contactar o seu médico”, aconselhou ainda a entidade.

Envie este conteúdo a outra pessoa