Infarmed aprova o Adcetris 0 101

O Infarmed aprovou o Adcetris (brentuximab vedotina), da Takeda Portugal, para uso em meio hospitalar.

O Adcetris é um conjugado anticorpo-fármaco direcionado para a proteína CD30, anteriormente aprovado para uso hospitalar pelo Infarmed para utilização no linfoma de Hodgkin CD30+ recidivante ou refratário e linfoma anaplásico de grandes células recidivante ou refratário.

Este medicamento apresenta-se em duas novas indicações terapêuticas: tratamento de doentes adultos com linfoma de Hodgkin (LH) CD30+ em risco aumentado de recidiva ou progressão após transplante autólogo de células estaminais (TACE), e tratamento de doentes adultos com linfoma cutâneo de células T (LCCT) CD30+ após pelo menos 1 terapêutica sistémica prévia.

A aprovação de Adcetris teve em conta várias situações, tais como a avaliação económica, os valores custo-efetividade associados à introdução do medicamento, os resultados do impacto orçamental, assim como as características do medicamento e da doença.

O Adcetris obteve a designação de medicamento órfão para ambas as indicações pelo Committee for Orphan Medicinal Products. Este considerou que as doenças em causa cumpriam os critérios de gravidade e prevalência, com evidência de melhoria para os doentes.

Esta autorização permite o alargamento do acesso a este medicamento a mais doentes oncológicos em Portugal e preencher uma lacuna terapêutica.

Envie este conteúdo a outra pessoa