GSK pretende tornar recicláveis os tubos de pasta de dentes 242

A GSK Consumer Healthcare continua a reforçar as suas metas de sustentabilidade para os próximos anos, com o desenvolvimento de embalagens recicladas, redução da pegada de carbono, consciencialização para a alteração de comportamentos e responsabilidade social.

Em 2021 lançou embalagens de cartão reciclável, onde estima ter salvo mais de 100-150 mil árvores.

Este ano pretende tornar recicláveis os tubos de pasta de dentes das marcas Sensodyne, Parodontax e Aquafresh.

A marca pretende que até 2025, 100% das embalagens dos seus produtos, passem a ser recicláveis ou reutilizáveis, ao mesmo tempo que a qualidade e a segurança são mantidas.

Para isso, fez duas parcerias: uma com o fornecedor de embalagens, Albea, que mudou as atuais embalagens das pastas de dentes dos laminados de barreira de alumínio para o laminado patenteado Greenlea; e a outra com a EPL Global para produzir tubos em laminado Platina.

Ambos passaram nos testes de aptidão para a reciclagem, estabelecidos pela Association of Plastic Recyclers (APR) e pela RecyClass da Europa.

Envie este conteúdo a outra pessoa