Graça Soveral eleita presidente da Sociedade Portuguesa de Bioquímica 0 372

Graça Soveral, professora da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa (FFUL) e presidente do Departamento de Bioquímica e Biologia Humana da mesma instituição, é a nova presidente da Direção da Sociedade Portuguesa de Bioquímica (SPB) para o biénio 2019-2020.

O ato eleitoral decorreu na Universidade de Coimbra, tendo também sido eleitos João Laranjinha, professor da Universidade de Coimbra, como presidente da Mesa da Assembleia e Cláudio Soares, professor da Universidade Nova de Lisboa, como presidente do Conselho Fiscal.

A equipa eleita para os órgãos dirigentes da SPB, que inclui ainda membros da Universidade do Porto, Aveiro, Minho, Beira Interior, Évora e Algarve, «compromete-se a cumprir a missão da SPB, acrescentando-lhe mais capacidade interventora, dinamismo e capacidade catalisadora para, em conjunto com sociedades congéneres, fomentar a visibilidade da Ciência nacional e o seu reconhecimento internacional», lê-se na página online da FFUL.

Envie este conteúdo a outra pessoa