Glintt anunciou os quatro projetos vencedores dos Prémios Saúde HINTT 355

A Glintt anunciou os quatro projetos vencedores dos Prémios Saúde HINTT – Maturidade Digital, sob o tema “Digital Acceleration: can health catch the wave?”. Nudge Digital, ONCOMMUN, MyPharmaGenes e Mordomo Digital foram os 4 vencedores do concurso, dos 10 projetos finalistas que participaram.

Esta iniciativa visa reconhecer e divulgar as melhores práticas de adoção das TIC na área da saúde, que têm como objetivo melhorar a segurança do cidadão, apoiar a decisão clínica e a eficiência global.

Na categoria de “Clinical Outcomes”, o vencedor do HINTT 2020 foi a solução desenvolvida pelos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), com o Projeto “Nudge Digital – Redução da sobreprescrição de Antibióticos”. Esta solução apresenta a realização do potencial do big data na melhoria de processos terapêuticos, objetivando a transformação digital dos sistemas de saúde portugueses articulada com a aplicação das melhores práticas de investigação em ciência de dados.

O Projeto “MyPharmaGenes” foi o vencedor na categoria Startup Innovation, com um teste genético, realizado a partir de uma amostra de epitélio bucal, e o acesso a uma WebApp interativa que ajuda o médico e o paciente a gerir os medicamentos prescritos, bem como a assinalar efeitos secundários, de forma muito personalizada e ao longo de toda a sua vida.

Na categoria de Patiet Safety, o vencedor foi o Projeto “ONCOMMUN”, do IPO Coimbra, um Programa Europeu Inovador de Acompanhamento Online: Suporte Psicológico e Educação para a
Saúde em Doentes com Cancro da Mama. Esta é uma ferramenta digital inovadora, com 4 níveis de cuidados em saúde, que apoia as doentes na identificação das suas necessidades físicas e psicológicas e na seleção de recursos para fazer face a essas mesmas necessidades.

A Santa Casa da Misericórdia do Porto (SCMP), com o projeto Mordomo Digital, foi o vencedor da categoria Value Proposition, com uma aplicação móvel que visa a simplificação da atividade clínica com garantia de registo da informação com segurança no doente certo, recorrendo a mecanismos de reconhecimento de voz para o diário clínico de internamento, bem com acesso à informação em tempo real de dados de suporte à prestação de cuidados clínicos.

Estas distinções foram oficializadas esta quinta-feira, durante o HINTT, no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa.

 

Envie este conteúdo a outra pessoa