Farmácias e Instituto da Segurança Social juntos na testagem no regresso seguro à escola 514

A Associação Nacional das Farmácias (ANF), juntamente com o Instituto da Segurança Social (ISS), divulgou um comunicado, a dar conta que estão a promover, em conjunto, a testagem em massa a todos os trabalhadores de creches, pré-escolar, amas e centros de atividades de tempos livres.

“O Instituto da Segurança Social (ISS) está a promover a testagem em massa a todos os trabalhadores de creches, pré-escolar, amas e centros de atividades de tempos livres, com o apoio da rede nacional de farmácias”, indica a nota.

Esta iniciativa começou na passada segunda-feira, dia 10 de janeiro, decorre até ao dia 21 de janeiro, e tem como objetivo “prevenir infeções por covid-19 e garantir as melhores condições de segurança no arranque da atividade, após as férias de Natal”.

“O protocolo de colaboração assinado entre o ISS e a ANF garante que as farmácias aderentes à convenção com o Serviço Nacional de Saúde participem no serviço de TRAg covid-19 junto dos trabalhadores das creches e pré-escolar, amas e centros de atividade de tempos livres, em todo o território nacional”, explica o comunicado.

Esta medida vai abranger 35 mil pessoas em todo o País e “pretende evitar surtos nos estabelecimentos de ensino dedicados à infância”.

De acordo com Catarina Marcelino, vice-presidente do Instituto da Segurança Social, citada na nota divulgada, a “Associação Nacional das Farmácias será um parceiro privilegiado para assegurar a testagem destes profissionais de uma forma ágil, rápida e em todo o país”.

Já Ema Paulino, presidente da Associação Nacional das Farmácias (ANF), “a capacidade de testagem das farmácias, a capilaridade da rede e a proximidade à comunidade são o valor que as farmácias trazem ao sucesso de um programa de testagem que se quer nacional e flexível”.

Envie este conteúdo a outra pessoa