Farmacêuticos vão administrar 20 mil vacinas contra a gripe 245

As farmácias comunitárias vão ser responsáveis pela administração gratuita de cerca de 20 mil vacinas contra a gripe do contingente do Serviço Nacional de Saúde (SNS), através do programa Vacinação SNS Local.

A campanha, que arranca dia 28 de setembro, tem uma adesão voluntária por parte das farmácias e decorre até 22 de setembro. Está convencionado um valor fixo para comparticipação do serviço de administração da vacina da gripe, informa a Ordem dos Farmacêuticos (OF).

Estas vacinas são exclusivamente destinadas a pessoas com mais de seis meses de idade e menos de 65 anos, com patologias crónicas e outras condições incluídas na Norma da Direção-Geral da Saúde (DGS). São elegíveis todas as farmácias que cumpram os requisitos técnicos para a vacinação e que realizem os registos da sua administração no Registo de Saúde Eletrónico.

Além das vacinas reservadas pelo Ministério da Saúde – que representam cerca de dois milhões de doses –, as dispõem de um contingente privado com mais de 800 mil doses da vacina para administração à população.

A Ordem dos Farmacêuticos atribui a competência farmacêutica para administração de vacinas e medicamentos injetáveis, que deve ser renovada em períodos de cinco anos, estando a sua validade também condicionada à validade da formação complementar em Suporte Básico de Vida.

Consulte aqui (SRC-OF) e aqui (SRSRA-OF) os Cursos de Administração de Vacinas e Medicamentos Injetáveis disponíveis.

WordPress Ads

Envie este conteúdo a outra pessoa