Farmacêutica do IPO vence prémio da Associação Portuguesa dos Farmacêuticos Hospitalares 0 29

Farmacêutica do IPO vence prémio da Associação Portuguesa dos Farmacêuticos Hospitalares

 


11 de janeiro de 2018

A farmacêutica Vera Domingos foi distinguida com o Prémio Científico Professor Doutor Aluísio Marques Leal, pelo trabalho “Individualização do tratamento com bussulfano no Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa”.

Desde 2014, que Vera Domingos coordena um projeto desenvolvido pelo Serviço Farmacêutico do IPO de Lisboa, que levou à criação de um procedimento que mede os níveis do bussulfano no sangue, o que permite um ajuste da dose deste fármaco e, consequentemente uma otimização do tratamento, através da redução das toxicidades, lê-se no portal do SNS.

«A metodologia implementada é pioneira a nível nacional e, desde 2016, constitui um procedimento standard prestado a todos os doentes do IPO que são submetidos a transplante com regimes de condicionamento contendo bussulfano», explicou a vencedora do prémio, atribuído pela Associação Portuguesa dos Farmacêuticos Hospitalares.

Para a execução da técnica foi celebrado um protocolo com o Instituto Nacional de Medicina Legal de Lisboa, para onde são enviadas e analisadas as amostras sanguíneas dos doentes.

Este projeto também conta com o apoio da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa e do University Medical Center Utrecht, na Holanda.

O Prémio Professor Doutor Aluísio Marques Leal, no valor de 5.000 €, é atribuído pela Associação Portuguesa dos Farmacêuticos Hospitalares, de dois em dois anos, e visa estimular o desenvolvimento de trabalhos científicos originais e inovadores na área da farmácia hospitalar.

Envie este conteúdo a outra pessoa