Estudo: sedentarismo pode aumentar sete vezes mais o risco de AVC 235

De acordo com um estudo, publicado no jornal científico Stroke, da Asssociação Americana do Coração, os hábitos sedentários, como ver televisão, usar o computador ou utilizar o telemóvel, aumentam a probabilidade de ter um Acidente Vascular Cerebral (AVC) em sete vezes.

Um grupo de investigadores, da Universidade de Calgary, no Canadá, analisaram dados sobre a saúde e o estilo de vida dos cidadãos. Além disso, também concluíram que os adultos, com menos de 60 anos e que passam mais de oito horas em lazer, registam uma probabilidade sete vezes superior de vir a sofrer um AVC.

Os cientistas recorreram aos dados de mais de 143.000 adultos, sem antecedentes de AVC, doenças cardiovasculares ou cancro, que já tinham participado na Pesquisa de Saúde da Comunidade Canadiana nos anos de 2000, 2003, 2005, 2007 e 2012.

Os participantes foram agrupados em quatro grupos: 1) menos de quatro horas de lazer por dia; 2) entre quatro a seis horas por dia; 3) entre seis a oito horas por dia e 4) mais de oito horas por dia.

Concluiu-se que o tempo de sedentarismo, em média, foi de aproximadamente quatro horas por dia entre os adultos com menos de 60 anos. Porém, no grupo que registou mais de oito de atividades sedentárias e pouca atividade física, o risco de AVC apresentou valores sete vezes mais elevados.

Para saber mais informações sobre o estudo, clique aqui.

Envie este conteúdo a outra pessoa