Descoberta a forma como parasita da malária se instala no fígado 0 158

Descoberta a forma como o parasita da malária se instala no fígado

12 de dezembro de 2014

Uma equipa de investigadores do Instituto de Medicina Molecular descobriu como é que o plasmodium, o parasita da malária, se instala no fígado do doente, segundo informação avançada pela “Renascença”.

«Mostramos que o parasita da malária usa um tipo de gordura muito específica do hospedeiro, provavelmente para fazer o casulo onde vive e a razão que nós mostramos é que se ele não tiver essa gordura simplesmente é removido e eliminado pela célula hospedeira», explicou Maria Manuel Mota, líder da equipa de investigação.

Depois de acomodado, o parasita da malária não é eliminado pelo fígado, onde se multiplica por vários milhares e não se sabe como.

Maria Manuel Mota venceu o Prémio Pessoa 2013, uma distinção que deu visibilidade ao seu trabalho e à sua equipa.

Envie este conteúdo a outra pessoa