Covid-19: Vacinas acidentadas avaliadas por equipa farmacêutica 539

As vacinas contra a covid-19 que estavam a ser transportadas numa carrinha que sofreu, esta quarta-feira, um despiste na A2 Autoestrada do Sul, estão a ser avaliadas por uma equipa farmacêutica para verificar se as suas propriedades se mantêm.

Segundo dados da Guarda Nacional Republicana (GNR), a carrinha despistou-se por volta das 11:20, na A2, junto a Águas de Moura, no concelho de Palmela, distrito de Setúbal, tendo o condutor sido o único ferido ligeiro a registar.

A carrinha fazia o transporte de “vacinas que vinham de Coimbra com destino a Beja”, indicou à Lusa a Guarda Nacional Republicana (GNR), referindo que o despiste ocorreu no sentido norte-sul, perto do quilómetro 60, junto a Águas de Moura, na freguesia de Marateca (Palmela).

De acordo com o Serviço Nacional de Saúde (SNS), os frascos de vacinas da BioNtech-Pfizer que estavam em distribuição para pontos de vacinação, no Alentejo, “foram imediatamente transportados pela equipa da GNR que estava a fazer a escolta do transporte, para o Centro Hospitalar mais próximo do local”, indica o portal.

“Neste momento e em articulação com o Infarmed” está a ser feita uma avaliação das vacinas por uma equipa farmacêutica de forma a verificar se as suas propriedades se mantêm.

“Para suprir a vacinação nos restantes pontos da rota, que não estava ainda, concluída, já seguiram outros frascos de vacinas, garantindo, deste modo, a continuidade do plano de vacinação previsto”, pode ler-se ainda no mesmo portal.

Envie este conteúdo a outra pessoa