Covid-19: Estudo confirma que vacinação reduz risco de hospitalização ou morte 141

Um estudo divulgado pelo Instituto Nacional de Saúde de Itália, conclui que o risco de um adulto ser hospitalizado ou morrer por covid-19 diminui 90% a 95% passados 35 dias sobre o início da vacinação.

Este foi o primeiro primeiro realizado por um país da União Europeia sobre o impacto da campanha de vacinação, e teve por base 13,7 milhões de pessoas vacinadas com pelo menos uma dose entre 27 de dezembro de 2020 (dia em que começou a campanha de imunização) e 3 de maio de 2021.

Os resultados mostram que “a partir de 35 dias após o início do ciclo de vacinação há uma redução de 80% nas infeções, 90% nos internamentos e 95% nas mortes”.

“Estes efeitos são semelhantes tanto em homens como em mulheres e em pessoas de diferentes faixas etárias”, indica o estudo.

Esta análise incluiu adultos que receberam a vacina da Pfizer-BioNTech (a maioria completou a vacinação com duas doses) e a vacina da AstraZeneca (apenas uma dose), e, ambas as vacinas revelaram ser eficazes na prevenção da doença grave e morte.

Envie este conteúdo a outra pessoa