Covid-19: Comissão Europeia e Moderna acordam calendário de entrega de novas doses 407

A Comissão Europeia e a farmacêutica Moderna chegaram a acordo para adaptar o calendário de entrega de novas dosas da vacina anticovid-19, para responder às necessidades da União Europeia (UE) no outono e inverno, foi esta terça-feira anunciado.

Em comunicado citado pela Lusa, o executivo informa que “o acordo assegurará que as autoridades nacionais tenham acesso às vacinas, incluindo vacinas adaptadas às variantes, se forem autorizadas, no momento em que delas necessitem para as suas próprias campanhas de vacinação e para apoiar os seus parceiros mundiais”.

O acordo visa adaptar os calendários de entrega contratuais inicialmente acordados com a farmacêutica Moderna, estipulando assim que as doses inicialmente previstas para o verão sejam entregues em setembro e durante o outono e o inverno. De acordo com Bruxelas, a mudança foi feita porque a próxima estação fria será uma “altura em que os Estados-membros mais provavelmente necessitarão de reservas adicionais de vacinas para as campanhas nacionais e para cumprirem os seus compromissos de solidariedade internacional”.

“O acordo garante igualmente que, se uma ou mais vacinas adaptadas [às novas variantes] receberem uma autorização de introdução no mercado, os Estados-membros podem optar por receber essas vacinas adaptadas ao abrigo do contrato em vigor”, adianta a instituição. O acordo garante igualmente 15 milhões de vacinas candidatas a doses de reforço da Moderna contra a variante Ómicron, sob reserva da respetiva autorização de introdução no mercado dentro de prazos que permitam a utilização dessas doses nas campanhas de vacinação.

WordPress Ads

Envie este conteúdo a outra pessoa