Comité de La Valletta avança com estratégia futura para aquisição conjunta de medicamentos 194

Realizou-se na semana passada, a décima reunião dos países membros do Comité Técnico de La Valletta, no âmbito da Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia.

Do encontro saiu o acordo para se criar um pequeno grupo com a missão de analisar e propor um modelo futuro para negociação e aquisição conjunta de medicamentos em situações normais.

“O objetivo de uma futura proposta neste domínio será facilitar e acelerar os processos de negociação sustentabilidade neste tipo de aquisições de medicamentos”, indica o comunicado divulgado pela Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I.P. (Infarmed).

A reunião serviu também para se discutir e debater as experiências de cada país com diferentes medicamentos, na terapia avançada e na área das doenças oncológicas, assim como para a apresentação dos resultados obtidos sobre os objetivos assumidos pela Presidência Portuguesa, por parte do Infarmed.

Esta reunião contou com a presença de Itália, Portugal, Espanha, Malta, Chipre, Grécia, Eslovénia, Croácia e Roménia foi organizada pelo Infarmed.

Lembrar que o grupo La Valletta tem como objetivo melhorar o acesso dos medicamentos e terapias novas e inovadoras e apoio à sustentabilidade dos seus sistemas nacionais de saúde para o benefício mútuo dos cidadãos dos países que constituem o grupo.

Envie este conteúdo a outra pessoa