Cientistas portugueses descobrem papel-chave de um grupo de enzimas na tuberculose 0 110

02 de Setembro de 2016

Uma equipa de investigadores portugueses concluiu que um grupo de enzimas tem um papel importante no desenvolvimento da tuberculose.

Os cientistas do Instituto de Investigação do Medicamento da Faculdade de Farmácia e do Instituto de Medicina Molecular descobriram que a bactéria que provoca a tuberculose, o bacilo de Koch, parece diminuir a atividade das catepsinas, uma desregulação no organismo que poderá explicar porque é que em alguns casos a bactéria tem uma sobrevivência maior dentro de algumas células humanas, dificultando o fim da infeção.

Depois desta descoberta, resta perceber como se pode inverter o processo e reforçar estas enzimas, de modo a torná-las aliadas dos antibióticos, em vez de um obstáculo, lê-se numa notícia avançada pelo jornal “i”.

Envie este conteúdo a outra pessoa