Carla Torre, Secretária-geral da OF, eleita para o Comité de Medicamentos de Uso Humano da EMA 432

O Comité de Medicamentos de Uso Humano (CHMP) da Agência Europeia do Medicamento (EMA) vai ter um novo membro português.
A Secretária-geral da Ordem dos Farmacêuticos (OF), Carla Torre, foi eleita para um mandato de três anos como membro cooptado, num reconhecimento da sua expertise e dos contributos adicionais que pode aportar ao trabalho do CHMP na área da Farmacoepidemiologia.
Com esta eleição, Portugal passa a ter dois representantes com direito a voto num dos mais importantes comités da EMA, responsável pela avaliação de pedidos de autorizações de comercialização de medicamentos no espaço europeu, ambos farmacêuticos: Carla Torre e Bruno Sepodes, membro do CHMP nomeado pelo Estado português desde 2012, e eleito vice-presidente em 2018.
Recorde-se que o CHMP integra na sua composição um membro nomeado por cada Estado membro da União Europeia, Islândia e Noruega e até cinco membros cooptados, escolhidos entre os peritos nomeados pelos Estados membro ou pela EMA e recrutados, quando necessário, para proporcionar expertise adicional ao comité numa área científica em particular.
Licenciada em Ciências Farmacêuticas, Carla Torre é doutorada em Farmácia pela Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa (FFUL), com especialização em Farmacoepidemiologia. Secretária-Geral da OF desde 2016, é também professora auxiliar convidada da FFUL e integra a Unidade de Farmacovigilância de Lisboa, Santarém e Setúbal.
Com especialização nas áreas de Farmacoepidemiologia, Farmacovigilância, Farmacoeconomia, Legislação e Política Farmacêutica e Segurança dos Medicamentos, Carla Torre foi assessora da Coordenação Nacional para a Infeção VIH/Sida e responsável pela área de Farmacoepidemiologia no Centro de Estudos e Avaliação em Saúde da Associação Nacional das Farmácias.

Envie este conteúdo a outra pessoa