Bial investe 48 milhões na investigação de novos medicamentos 603

Os sistemas nervoso e cardiovascular são o foco da Bial no projeto “Cardiomet & SNC”, que representa um investimento de cerca de 48 milhões de euros e envolve a realização de estudos clínicos e não clínicos para identificação do potencial terapêutico de novos compostos nas áreas dos sistemas nervoso central e cardiovascular.

Esta é a mais recente área de investigação da farmacêutica portuguesa, que pretende assim obter informações sobre a atividade farmacológica e a confirmação da tolerabilidade, segurança e eficácia destes compostos. O objetivo final é a introdução de “medicamentos inovadores no mercado mundial”, avançou o ‘Negócios’.

A empresa liderada por António Portela prevê a criação de emprego altamente qualificado e o aumento do quadro de técnicos da empresa afetos à I&D de novos medicamentos nos próximos anos. Para já, em termos concretos, vai contratar 12 novos colaboradores e afetar 57 postos de trabalho à investigação no âmbito do “Cardiomet & SNC”.

Estas novas informações constam de um despacho assinado pelo ministro da Economia, Siza Vieira, e pelo secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, publicado em Diário da República na segunda-feira. Sem detalhar os incentivos financeiros envolvidos, aprova o contrato de investimento com a AICEP por ser “de especial interesse para a economia nacional pelo seu efeito estruturante para o desenvolvimento, diversificação e internacionalização da economia portuguesa”.

“O projeto concorre para o aumento do volume de despesas em I&D do setor empresas, quer pelo volume de investimento envolvido, quer pelos investimentos que podem resultar do sucesso da Investigação e Desenvolvimento em causa, podendo ainda contribuir para a melhoria da balança comercial e tecnológica de Portugal, não só através da venda direta dos novos medicamentos no mercado externo, como pela possibilidade de licenciamento a empresas estrangeiras do know-how da Bial”, lê-se neste documento.

Envie este conteúdo a outra pessoa