APIFARMA esclarece faltas de medicamentos nas farmácias 0 706

Depois de surgirem notícias sobre as faltas de medicamentos nas farmácias, a Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (APIFARMA) vem, através de comunicado, informar que o abastecimento de medicamentos está assegurado em todo o país.

Mais informa que “situações excecionais de rutura, por problemas a nível da cadeia de fabrico, em que se verifique uma incapacidade temporária de suprir as necessidades do mercado nacional, são atempadamente comunicadas à Autoridade Nacional do Medicamento e implementadas as respetivas medidas corretivas”.

Posto isto, a APIFARMA indica que “não se justificam outras falhas temporárias de abastecimento e a impossibilidade de satisfazer momentaneamente uma dada prescrição médica”.

Aliás, para a Indústria Farmacêutica, com a entrada em vigor da alteração ao Estatuto do Medicamento, que clarifica as esferas de intervenção de cada um dos intervenientes na cadeia de abastecimento de medicamentos (fabricantes, distribuidores e farmácias), o seu compromisso mantém-se através do abastecimento de medicamentos no mercado nacional, com a garantia do serviço público essencial de acesso ao medicamento.

A APIFARMA ainda indica que “está totalmente alinhada com o objetivo de disponibilizar medicamentos aos doentes e está empenhada em trabalhar com todas as partes para garantir que todos cumprem as suas obrigações. O abastecimento do mercado nacional e o acesso de todos os doentes aos medicamentos é um princípio que, estamos certos, todos partilhamos”.

Pode também consultar a posição da ANF e da ADIFA relativamente a este tema.

Envie este conteúdo a outra pessoa