APEF saúda Princípio de Acordo entre Ministério da Saúde e Associação Nacional das Farmácias 199

APEF saúda Princípio de Acordo entre Ministério da Saúde e Associação Nacional das Farmácias
30-Abr-2014

A Associação Portuguesa de Estudantes de Farmácia (APEF) divulgou, em comunicado que saúda o Princípio de Acordo assinado no dia 16 de abril entre o ministro da Saúde, Paulo Macedo, e o presidente da Associação Nacional das Farmácias (ANF), Paulo Duarte.

Para a APEF, «este acordo revela-se como um passo fundamental na materialização do diálogo e colaboração entre o Governo, representado pelo Ministério da Saúde, e as farmácias portuguesas, representadas pelo presidente da ANF».

As medidas acordadas consistem num compromisso do Estado em dar incentivos às farmácias pela venda de medicamentos genéricos e numa expansão pelos serviços oferecidos por estas à população, refere a APEF, acrescentando que «esta expansão de serviços permitirá às farmácias portuguesas reativar o programa de troca de seringas, com ganhos em saúde comprovados, a comercialização e administração de vacinas contra a gripe e, por fim, a monitorização e vigilância da diabetes, conseguindo-se assim o acompanhamento eficaz na prevenção e tratamento desta patologia crónica».

A APEF assinala que «desde a sua génese, sempre se pautou pela defesa e valorização direta e indireta do setor farmacêutico, que acolherá os estudantes do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas. Assim sendo, considera que tal acordo é um passo que contribui para a credibilização do farmacêutico e que enaltece a sua importância social, trazendo relevância às farmácias como espaços estratégicos e de excelência – pelas suas características de proximidade à população – para a oferta de serviços de saúde. Mas considera, acima de tudo, que este conjunto de medidas vai beneficiar a Saúde da população portuguesa».

Envie este conteúdo a outra pessoa