Algarve Biomedical Center programa ensaios pré-clínicos de medicamentos para a EMA 133

De acordo com a Lusa, o Algarve Biomedical Center (ABC) vai desenvolver ensaios pré-clínicos de eficácia e segurança de medicamentos para a Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla inglesa) por cinco anos.

A celebração do acordo foi realizada após o consórcio, que reúne a Universidade do Algarve e o Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA), ter ganho, de forma inédita, um concurso internacional para realizar ensaios pré-clínicos de qualidade e segurança de medicamentos.

“É um grande orgulho para nós e para o país termos um centro que, ao nível europeu e da EMA, tem este reconhecimento. Só mostra que a ciência nacional está no bom caminho e também temos grande capacidade no nosso país em termos de investigação científica, nomeadamente nesta área da Medicina e da Biomedicina”, afirmou Nuno Marques, presidente do ABC, em declarações à Lusa.

Este contrato permite que o centro teste qualquer medicamento para utilização humana ou para uso veterinário, já que todos os ensaios são monitorizados pela EMA, com o intuito de garantir a segurança destas substâncias.

Nuno Marques garante que foi iniciado um trabalho intensivo nos últimos três meses, de modo a alcançar este feito histórico em Portugal. “Superou inúmeros centros de formação, quer europeus quer americanos”, assegurou o presidente do ABC.

A assinatura deste contrato para os próximos cinco anos vai permitir “fortalecer e robustecer o ABC”, dado que irá permitir uma maior “sustentabilidade para os próximos cinco anos”.

Além disso, a celebração deste acordo irá permitir, durante este período, um encaixe até três milhões de euros, um valor considerado “muito significativo” por Nuno Marques.

Sobre a possibilidade do trabalho desenvolvido pelo ABC durante a pandemia de covid-19 ter alguma influência no resultado, Nuno Marques respondeu que “não teve implicação direta, a não ser na capacidade e no fortalecimento de equipamentos” no centro.

Envie este conteúdo a outra pessoa