54% dos internamentos inapropriados ocorrem nos serviços de Medicina Interna 99

A Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI) e a Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH) vão realizar um webinar, dia 25 de maio às 09H30, para a apresentação pública do “Barómetro de Internamentos Sociais 2020 & covid-19” que tem como objetivo monitorizar periodicamente o fenómeno dos internamentos inapropriados. A sessão conta com o suporte técnico da EY.

A 4ª Edição do Barómetro de Internamentos Sociais, referido ao dia 18 de fevereiro de 2020, mostra que 54% dos internamentos inapropriados ocorrem nos Serviços de Medicina Interna, ocupando 25% das camas disponíveis. Para além disto representar um enorme desperdício de meios, acresce o facto de em simultâneo, os Serviços de MI terem mais 36% de camas extra, noutros Serviços do Hospital, mais de metade no Serviço de Urgência, onde os doentes permanecem internados durante vários dias.

Dado o atual contexto de pandemia por covid-19 foi desenvolvida uma iniciativa adicional destinada exclusivamente à avaliação deste fenómeno nos doentes com esta doença internados nos hospitais do Serviço Nacional de Saúde / Serviços Regionais de Saúde.

A sessão apresentação contará com a participação de Purificação Gandra, Coordenadora Nacional da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI), Sofia Borges Pereira, Vogal do Conselho Diretivo da Segurança Social (SS), João Araújo Correia, Presidente da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI) e Alexandre Lourenço, Presidente da APAH.

Inscrições em:
https://www.spmi.pt/barometro-dos-internamentos-sociais-2020-covid19-apresentacao-publica/

Sobre a SPMI
A Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI) é uma associação científica, fundada em 1951. Tem como finalidade promover o desenvolvimento da Medicina Interna ao serviço da saúde da população portuguesa. Promove ainda a investigação e o estudo de problemas científicos, bem como a organização de atividades educacionais, no âmbito da formação contínua, dirigidas aos médicos e à população em geral, no campo da Medicina Interna. Para mais informações consulte https://www.spmi.pt/

Envie este conteúdo a outra pessoa