50 Associações de Doentes unem-se no maior debate sobre a Saúde em Portugal 0 253

A Convenção Nacional da Saúde de 2019 coloca o cidadão e o doente no sistema de saúde como pontos centrais do maior debate nacional permanente sobre o presente e o futuro da saúde em Portugal, que se realiza a 18 de junho em Lisboa, e já são 50 as Associações de Doentes reunidas no Conselho Superior da Convenção Nacional da Saúde.

Este ano, a Convenção desenvolve-se sob o mote “A Agenda da Saúde para o Cidadão” – debate temas como a centralidade do cidadão e do doente no sistema de saúde, o estatuto do cuidador informal, a igualdade de acesso a cuidados de saúde, a prevenção, a literacia em saúde, ou o impacto da doença na economia, informa a organização em comunicado.

São 50 as Associações de Doentes  reunidas no Conselho Superior da Convenção Nacional da Saúde, e 122 é o número dos parceiros da Saúde comprometidos no acompanhamento da Agenda da Saúde para a próxima Década.

A Convenção Nacional da Saúde tem a ambição de reunir o maior número de Associações de Doentes no Conselho Superior, para que se incluam as suas prioridades no centro do Sistema de Saúde em Portugal. Os resultados dos trabalhos da Convenção de 2019 serão incluídos na “Agenda da Saúde para a Década”, documento consensualizado no encontro do ano passado e que reúne as principais conclusões e propostas, avançam caminhos para o futuro sustentável da Saúde em Portugal.

A Convenção será realizada no Centro de Congressos de Lisboa (Junqueira), as inscrições são gratuitas, mas obrigatórias, e podem ser feitas aqui.

Envie este conteúdo a outra pessoa