4ª edição do C-Health Congress em Belém 0 381

A “Singularidade na Saúde” é o tema da 4ª edição do C-Health Congress, que se realiza no Centro Cultural de Belém, no próximo dia 22 de outubro.

Este evento é organizado pela IFE By Abilways e tem como temas principais a proximidade com o paciente, incorporação da tecnologia nas soluções do setor da saúde e investimento e ética na inovação .

“Um dos objetivos principais do C-Health Congress é reunir as várias partes envolvidas no setor da saúde e potenciar o diálogo entre as mesmas, de forma a identificar desafios e pensar conjuntamente nas soluções de desenvolvimento que cabem a cada um. Nas últimas edições temos desenvolvido esta proximidade, no sentido de interligar conhecimento, inovação, investimento e recursos”, indica Irene Moreira, da IFE By Abilways.

Um dos temas a abordar será a “Incorporação da Tecnologia no Ecossistema da Saúde”, que será apresentado em formato de mesa redonda. Vão ser abordados os problemas do setor que se pretendem resolver com ferramentas tecnológicas.

A “A Inteligência Artificial, e como esta pode combinar dados com pensamento clínico”, será apresentada por Pedro Gouveia, da Fundação Champalimaud.

O estudo da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH) sobre “Business Intelligence na saúde” estará a cargo de Teresa Magalhães, Presidente da Comissão Executiva do Hospital da Cruz Vermelha e coordenadora na APAH.

O “Investimento e Ética na Inovação em Saúde”, outro dos temas, irá abordar o investimento em soluções de saúde e o papel das startups no setor.

Sofia Couto da Rocha, Unit Manager nas Lusíadas Clínicas e CEO na SkinSoul, vai apresentar a “Responsabilização sobre os dados”, com foco em APP’s e robótica, qualidade e segurança dos dados e validação científica de conteúdos.

A “Construção de Proximidade entre médicos e pacientes” será apresentado como mesa redonda com a participação de João Pedro Bello (doente de Parkinson e autor de livro sobre a doença), Luís Duarte Costa (vice-presidente da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna) e Margarida Lobo Antunes (diretora-clínica no Hospital Lusíadas de Lisboa).

Envie este conteúdo a outra pessoa