Reckitt Benckiser nomeia presidente da unidade farmacêutica 297

Reckitt Benckiser nomeia presidente da unidade farmacêutica

14-Fev-2014

A Reckitt Benckiser designou Howard Pien para o cargo de presidente da sua unidade farmacêutica, depois de alguns analistas sugerirem que esta divisão poderia vir a ser vendida ou sujeita a spin-off.

A companhia, que defendeu que Pien «vai desempenhar um importante papel na próxima fase de evolução da Reckitt», indicou que o novo responsável vai participar na anunciada revisão estratégica da unidade, citou o “Firstword”. Analistas da Credit Suisse comentaram que «a nomeação de um presidente para este negócio pode significar que uma spin-off é uma séria possibilidade».

Andrew Wood, analista da Sanford C. Bernstein, afirmou que «continuamos a esperar que uma venda ou uma spin-off sejam resultado desta revisão estratégica e que pode ser bem acolhida pelos investidores». Analistas da Exane BNP Paribas estimam que a referida unidade pode valer entre mil milhões de libras (1,7 mil milhões de dólares) e 4 mil milhões de libras (6,6 mil milhões de dólares).

O CEO da companhia, Rakesh Kapoor, assinalou que, no que respeita ao futuro desta unidade, «estão em cima da mesa todas as opções», incluindo a venda, uma oferta pública inicial ou uma joint-venture. Acrescentou que a divisão é «um passo importante na sua evolução», com «boas perspetivas a longo prazo», mas indicou que a unidade não é um ativo essencial para a empresa.

O “Financial Times” divulgou que Reckitt Benckiser pode estar interessada em adquirir a divisão consumer healthcare da Merck Sharp & Dohme, que está avaliada entre 8 e 10 mil milhões de dólares.

Envie este conteúdo a outra pessoa