Prémio Maria de Sousa passa a ter cinco vencedores e um prémio até 125 mil euros 226

A Ordem dos Médicos (OM) e a Fundação Bial anunciaram que decidiram alargar o número de investigadores apoiados e o valor global do Prémio Maria de Sousa.

O prémio, lançado em homenagem à imunologista Maria de Sousa, passa a distinguir cinco vencedores, e o valor aumenta para 125 mil euros.

Esta alteração tem efeito imediato, o que significa que a primeira edição, cujas candidaturas fecharam a 30 de maio, vai premiar cinco investigadores, em vez de um único, como inicialmente previsto. O valor global do prémio sobe assim de até 25 mil euros para até 125 mil euros, a distribuir pelos cinco vencedores.

O prémio vai galardoar e apoiar cinco jovens investigadores científicos portugueses, até aos 35 anos, em projetos de investigação na área das Ciências da Saúde, incluindo um estágio num centro internacional de excelência.

Envie este conteúdo a outra pessoa