Organizações internacionais divulgam documentos sobre farmácia comunitária 325

A Ordem dos Farmacêuticos (OF), indicou no seu portal, que esta semana foram publicados dois documentos por grupos internacionais de farmácia comunitária.

O Grupo Farmacêutico da União Europeia (PGEU) divulgou o relatório sobre a escassez de medicamentos na Europa em 2021, e a Federação Internacional Farmacêutica (FIP) partilhou o manual atualizado sobre a revisão da medicação por farmacêuticos.

O relatório do PGEU, realizado anualmente, serve para mapear o impacto da escassez de medicamentos em toda a Europa do ponto de vista dos farmacêuticos comunitários.

Este relatório conclui que continua a existir escassez de medicamentos na maioria dos países, embora pela primeira vez em anos, tenham reportado que a situação não piorou em comparação com o ano anterior. Mostrou também a existência de uma lacuna nas informações necessárias, ferramentas e soluções jurídicas disponíveis para fornecer soluções aos utentes em caso de escassez de medicamentos.

Relativamente ao segundo documento, a Federação Internacional Farmacêutica (FIP) publicou um novo manual sobre a prática farmacêutica na redução de riscos e erros de medicação, denominado por “Medication review and medicines use review: A toolkit for pharmacists”.

Este é uma atualização do documento de 2020, e apresenta a revisão de uso de medicamentos (MUR, na sigla em inglês) como um subtipo de revisão de medicamentos. Expõe exemplos de práticas de revisão de medicamentos em todo o mundo e apresenta orientações para a implementação deste serviço farmacêutico, incluindo conselhos sobre como lidar com desafios em ambientes de poucos recursos.

Envie este conteúdo a outra pessoa