Neurocrine e Takeda com acordo de colaboração para doenças mentais 235

A Neurocrine e a Takeda anunciaram, através de comunicado, uma colaboração para desenvolver e comercializar as moléculas no pipeline de psiquiatria na fase inicial e intermediária da Takeda.

A Takeda concedeu uma licença exclusiva à Neurocrine Biosciences para sete programas de pipeline, incluindo três moléculas em investigação clínica para esquizofrenia, depressão resistente ao tratamento e anedonia.

Apesar destes acordos, a Takeda ficou com a possibilidade de ativar ou desativar uma participação nos lucros em todos os programas clínicos em qualquer fase de desenvolvimento.

Envie este conteúdo a outra pessoa