Nefecon para nefropatia por IgA na China e em Singapura 0 923

A Calliditas Therapeutics AB (Calliditas) e Everest Medicines II Limited (Medicamentos Everest) anunciaram que assinaram um acordo para desenvolver e comercializar o Nefecon na China e em Singapura. Este é um medicamento para a doença renal auto-imune crónica Nefropatia por IgA (IgAN).

Este acordo prevê o pagamento de 15M de dólares na assinatura do contrato, mais 106M pelo desenvolvimento e comercialização do medicamento. Para além disso o Everest também pagará royalties típicos sobre as vendas líquidas.

O acordo concede direitos exclusivos do Everest Medicines para o desenvolvimento e comercialização do Nefecon na China, Hong Kong, Macau, Taiwan e Singapura.

“Estamos entusiasmados por entrar nesta parceria com a Everest Medicines para expandir o alcance do mercado da Nefecon para a China, onde há uma significativa necessidade médica não atendida para essa grande população de pacientes. Estamos ansiosos para trabalhar em estreita colaboração com a Everest Medicines para trazer a abordagem inovadora da Nefecon, que mostrou grande promessa em nosso grande estudo de Fase 2b, para pacientes IgAN o mais rápido possível. A Everest Medicines oferece uma combinação única de forte especialização na área de desenvolvimento clínico e regulatório, com uma abordagem inovadora de biofarma para este mercado ”, afirmou Renée Aguiar-Lucander, CEO da Calliditas Therapeutics AB, em comunicado divulgado.

A IgAN é a glomerulonefrite primária mais comum na China, e é responsável por cerca de 40% das doenças glomerulares primárias.

“Estamos ansiosos para fazer parceria com a Calliditas para desenvolver e comercializar o Nefecon como uma nova terapia potencial para o tratamento de IgAN”, disse Ian Woo, presidente e diretor financeiro da Everest Medicines, no mesmo comunicado.

“A base sólida da Calliditas no desenvolvimento clínico do Nefecon, juntamente com a experiência clínica e regulatória local do Everest, estabelece as bases para acelerar o desenvolvimento deste candidato terapêutico promissor como uma opção de tratamento potencial para pacientes na Grande China e Singapura que sofrem de IgAN.”, sublinhou Ian Woo.

Os primeiros 200 pacientes serão a base de análise deste estudo e formarão a base para a leitura de dados durante o segundo semestre de 2020, após a qual Calliditas apresentará os pedidos de aprovação à Food and Drug Administration dos EUA e à Agência Europeia de Medicamentos.

Envie este conteúdo a outra pessoa